Profissional de TI: Como aumentar sua produtividade

Um meme poderia ser bem utilizado para descrever os profissionais de TI: aquele que mostra “como as pessoas me veem / como é a realidade”. Por fora, a percepção é de que todo profissional de TI é extremamente focado em realizar a tarefa, tanto que sua alimentação é só pizza e refrigerante, que é a opção mais prática.

Além disso, por fora as pessoas veem profissionais que entendem tudo de computador e que, por causa disso, não demoram horas em uma mesma tarefa. Os profissionais de TI também não precisam dormir, já que tomam cafeína o dia inteiro para se manter alertas e em completo estado operacional.

Só que a realidade é bem diferente: humanos, e não máquinas, trabalham as áreas de tecnologia da informação das empresas. E tem que lutar, muito, por momentos produtivos. Algumas vezes, as interrupções são tantas que as tarefas que levariam horas para acontecer podem continuar na agenda por dias.

E, sem nenhuma surpresa, alguns gargalos que combatem a produtividade de um profissional de TI são causados pelas pessoas que veem, de fora, um cenário completamente diferente do real.

Se você trabalha com TI já ouviu mais de uma vez o suplício por formatar um computador ou ajudar no bom funcionamento de um teclado ou mouse porque, bem, você é a “pessoa do computador”…

Mas, na maior parte do tempo, a produtividade de um profissional de TI está ameaçada por dois motivos básicos: pelo esquema de trabalho da empresa ou por ele próprio.

Aqui vamos dar algumas dicas para que você aumente sua produtividade a partir de coisas que pode, efetivamente, controlar: sua rotina de trabalho e a forma com que sua equipe de TI trabalha. Se precisar convencer algum gestor ou líder de mudanças para melhorar os resultados da empresa, leve esse texto até eles.

7 Passos para um Profissional de TI aumentar sua produtividade

#1 Trabalhe o foco

Sem esse passo, os outros se tornam impossíveis. Ele é comum, inclusive, a todos os tipos de trabalho: é preciso desligar aplicativos, principalmente os de mensagem e redes sociais, assim que você chega à sua mesa.

Sem foco – e com interrupções de notificações chegando a todo momento no celular ou tela do computador – fica impossível realizar as tarefas nos tempos em que elas devem ser feitas.

Para ter 100% do seu espaço de trabalho voltado para os objetivos da sua agenda, peça aos colegas que não o interrompam quando estiver focado em algo que demanda extrema concentração.

#2 Utilize softwares de gestão de tarefas

Sozinho ou em times, uma das melhores formas de dimensionar o tempo gasto em tarefas – e como otimizá-lo – é através de softwares que gerenciam o andamento delas para você, como Asana, Trello, RunRun It e Wrike.

#3 Revise os processos

Às vezes o que está matando sua produtividade é um processo ineficiente, que dá muitas voltas desnecessárias em torno de determinada tarefa ou assunto. Por isso, revise os processos sempre que puder, sozinho ou com os gestores, para entender o que pode ser otimizado dentro dele.

#4 Capacite-se

Um profissional alinhado com as novas tendências e as inúmeras possibilidades de realizar um mesmo trabalho através de diferentes ferramentas tende a ser mais produtivo, justamente por agregar esse tipo de conhecimento.

Por isso, peça investimento aos gestores para fazer treinamentos, cursos de capacitação ou participar de conferências. Se a empresa não estiver disposta a pagar por isso, faça isso do seu bolso sempre que puder, como um investimento em si mesmo e nos resultados que pode gerar.

#5 Realize reuniões de alinhamento

A reunião pode ser extremamente improdutiva quando não tem um foco ou meta. Mas, quando ela é feita para alinhar as expectativas do grupo frente a tarefas ainda por fazer, pode ajudar a aumentar a produtividade deos membros do time.

A conversa sobre as etapas do trabalho podem te ajudar a ter insights de como realizá-lo de forma mais rápida ou eficaz. É sempre melhor procurar por soluções em conjunto do que sozinho.

#6 Delegue funções

Se, no meio de uma tarefa importante, alguém vier te pedir para dar uma olhadinha no software que parou de rodar… delegue essa função, se ela não estiver no seu escopo de trabalho.

Esse é apenas um exemplo de como não fazer aquilo que você não deveria ou poderia, incluindo etapas essenciais do processo. Se você lidera um time, deve confiar plenamente na capacidade de todos a ponto de dividir as tarefas entre o pessoal. Tentar dar conta de tudo pode te tornar uma pessoa improdutiva e frustrada.

#7 Dê feedback aos gestores

A produtividade comprometida por tarefas desnecessárias estará sempre nesse status, a menos que você converse com os gestores e exponha a realidade dos fatos.

Não tente mudar sozinho coisas que fogem ao seu controle por medo de passar o feedback ou de incomodar pessoas que “tem mais problemas do que você”. Se o seu objetivo é ajudar a empresa a ter mais resultado, se tornando um profissional extremamente capacitado e competente, todo feedback quanto a gargalos de produtividade será muito bem vindo.

Compartilhe nas redes sociais:

Comente usando o seu Facebook: